Follow by Email

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Sete Ciganos - 50




Os ciganos se alojam, o casal num quarto e Pedro monta sua barraca. Depois pedem uma pizza e vinho:
- E agora, como encontraremos a cigana loira? – Pergunta Shalom.
- Ela vai aparecer. Não se preocupem – fala Pedro, tomando um gole.
- Nesse tempo em que você ficou em Santo Antônio não soube nada da loira, Pedro? Afinal a distância é curta entre uma cidade e outra.
- Não, cigana. Sempre soube que Nazaré tem uma importância mística, especialmente em se tratando de Terreiros de Candomblé e Casas de Umbanda. Sei também que muitos ciganos acampam por aqui, vez por outra, e que têm até uns que fixaram morada na cidade, mas da loira, nada sei a não ser do que vi em sonho: uma mulher bela, roliça e alegre.
O celular de Sofia toca. Ela olha o visor e se enche de alegria: é Romeu.
- Meu querido!
- Como vai, minha Cigana-Anjo?
- Melhor agora, meu bom rapaz. Como você está? E sua mãe? E Aristides?
- Estamos bem. Minha mãe e Tide se casaram no cartório há um mês e estão felizes. Moramos numa bela casa no Caminho das Árvores e tenho estudado e pintado muito. Estou fazendo supletivo para concluir o primeiro grau, depois farei o do segundo grau e tentarei fazer vestibular para a Escola de Belas Artes.
- Que bom, Romeu! Estou feliz por vocês e agradecemos muito por todos os presentes que você nos deu.
- Foi de coração e ainda assim, nenhum paga o bem que você e Shalom fizeram por nós. Onde vocês estão?
- Em Nazaré, procurando a quarta cigana.
- Encontraram o velho?!
- Sim. Nós o encontramos em Santo Antônio, vivemos experiências maravilhosas por lá e já estamos na quarta cidade. Como você nos disse, o nome dele é Pedro e tenho certeza de que vai gostar muito dele.
- Também tenho. Como vai o Shalom?
- Vai bem, também.
- Estou te ligando para fazer um convite que deverá ser estendido a Shalom, a Pedro e a amigos de vocês. Tenho pintado muito e cada vez mais. Não paro de produzir desde que cheguei aqui e como estou fazendo também um curso de pintura, vou fazer uma exposição coletiva com amigos do curso no Shopping Itaigara que começa amanhã e vai até a próxima semana. Vai rolar um vernissage às 18h00 e vou ficar muito feliz de tê-los comigo. Como Nazaré é pertinho de Salvador, basta vocês pegarem o Ferry-Boat amanhã, passarem o dia comigo na minha casa, participarem da festa, se hospedarem também em minha casa e quando quiserem, retornarão a Nazaré. Não aceito recusa.
- Romeu!... Calma! Preciso combinar com Shalom e Pedro e...
- Patrício e o companheiro dele, Marcos, já confirmaram a presença. Falei com eles há poucos instantes.
- Eles vão?!Como estão?
- Sim.Estão muito bem.
- Vou combinar com meus parceiros e te ligo, está bem?
- Tudo bem. Deixe-me falar com Shalom.
- Um beijo!
- Outro.
Sofia passa o telefone para Shalom.
- E aí, cigano Romeu?
- Salve, Cigano Shalom! Quero vocês aqui amanhã. Traga Pedro. Quero conhecê-lo pessoalmente.
- Garoto, o que está acontecendo?
- Sofia te conta. Combinem e me ligue dando a resposta, que com certeza, será positiva. Minha mãe e Tide mandam beijos para vocês. Tchau!
- Tchau, Romeu.
Shalom desliga o telefone e pergunta a Sofia do que se trata. Ela fala para os dois o conteúdo da conversa.
- Esse Romeu é o artista de Amargosa? – Pergunta Pedro.
- Sim – responde Sofia, excitada. – Foi ele quem nos disse seu nome e pintou todos nós.
- Por mim, vamos prestigiá-lo. Quero conhecer o menino – fala Pedro.
- Por mim também – diz Shalom.
- Então amanhã, vamos à capital.
Sofia liga para Romeu:
- Romeu...
- Que bom que vocês vêm e preste atenção ao que vou lhe dizer.
- Certo.
- O mar lhe trará uma grande surpresa.
- O mar?!
- Sim. O mar.
- Está registrado.

4 comentários:

  1. Olá!! Muito prazer! essa coisa de cigano me atrai muito, por isso vou te seguir para poder acompanhar todas as suas escritas... com licença, ta! bj

    ResponderExcluir
  2. Meu blog é seu, querida! Entre, sente-se e fique à vontade. Boa viagem!

    ResponderExcluir
  3. Que surpresa é essa, rapaz? Vixe! Não consigo parar de ler esse negócio! Estou viciada...

    ResponderExcluir
  4. Aguarde, cigana. Tenha paciência que Grécia não foi feita num dia só.

    ResponderExcluir