Follow by Email

sábado, 18 de junho de 2011

Rituais Domésticos


Todo os dias
Hei de beijar a boca da minha amada
E dizer “Eu te amo”.
Todos os dias
Hei de passar o café de manhã
Para saudar o sol nascente
E hei de passá-lo á tardinha
Para dele me despedir.
Todos os dias
Hei de varrer minha casa
Para tirar o ranço do ontem.
Todos os dias
Hei de abrir todas as portas e janelas de manhã
Para que o asè do novo dia se chegue
E hei de fechá-las à tarde
Para que o dia morra e os pernilongos não entrem.
Todos os dias
Hei de cuidar de mim e dos meus
Para que não criemos teias no coração
E a poeira não se aloje em nossos cantos.

14 comentários:

  1. Antonio, meu poeta do cotidiano, essas suas palavras lindas quero ler e ouvir até meu derradeiro suspiro.
    Amo-te demais!

    ResponderExcluir
  2. Grande Antonio, lindas palavras!
    Não deixemos mesmo que as teias se instalem em nossos corações.
    Seus versos suavizaram o meu dia. Obrigada!
    Bjs de luz

    ResponderExcluir
  3. Paty, minha novelista e cronista predileta, se você quiser, até mesmo depois do derradeiro suspiro, estando eu "Cá" ou "Lá" - isso também serve para você - as escreverei para seus olhos ou as direi para seus ouvidos. Amo-te imensamente.

    ResponderExcluir
  4. Katita, sua presença, seus sinais suavizam minha vida. Comparo sua chegada à brisa que me afaga e me prova que a vida é na verdade suave. Beijo e Paz,meu anjo.

    ResponderExcluir
  5. Que coisa mágica, muito lindo! Até os comentário tiveram essência poética. Sintonia bacana. Parabéns Toni! Um abração

    ResponderExcluir
  6. Lindo mesmo, Lore - Amar é bom demais. Te amo.

    ResponderExcluir
  7. Meu mano Lu, te amo demais, cabra. Precisamos ficar até uma horas juntos, mesmo que a gente não fale muita coisa - Tua companhia é Luz.

    ResponderExcluir
  8. Muito bom, amigão!
    Vou continuar à caça de poesia aqui
    em seu blog, são como diamantes africanos!!
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  9. Valeu, Bruno. Seja bem-vindo, meu querido.

    ResponderExcluir
  10. Me espelho em voce para fazer dos meua dias rituais romanticos de viver...

    Te amo.

    ResponderExcluir
  11. Este amor só de ler já inspira crermos que a imagem da vida é outra possível. Amei o post, seu escrito especialmente. Abraços, Leonardo Valesi http://lioh.arteblog.com.br

    ResponderExcluir
  12. Grande poeta nao te conheço muito mas adorei vc é bom mesmo como diz num livro que li
    Sorvete com cobretura
    goiabada com queijo
    hanburger com batata frita
    eu e todos os q gostam

    ResponderExcluir