Follow by Email

sábado, 9 de julho de 2011

TPM - II

Hoje almocei com Paty e Mel. Após sepultarmos os  corpos dos nossos amores e chorarmos nossas dores, decidimos nos reencontrar para celebrar a vida, aproveitar o tempo que ainda temos por aqui, falar deles, falar de nós, rirmos, comermos, bebermos e partilharmos nossas deliciosas loucuras.

Somos tão diferentes e tão iguais... Somos três sonhadores que desafiam eternamente o que ainda há de rude nessa vida com nossa incontrolável mania de permanecermos nos amando e acreditando que a existência sempre haverá de melhorar.

Passamos pouco tempo juntos, se formos medir com o padrão tosco dos nossos relógios. Para mim, porém, foi uma prazerosa eternidade que transcenderá toda e qualquer finitude. É claro que não podia faltar uma poesia para coroar esse reencontro TPM (Tony, Paty e Mel)...

As perdas que sofremos
só nos tornaram mais fortes.
Juntos,
vencemos a ação do tempo,
dos ventos,
dos incêndios,
enxurradas,
e terremotos...
E quando nos falta o chão,
é a nós mesmos que temos.
Quando o frio nos faz tremer,
um agasalha o outro.
Se as portas se fecham para nós,
sabemos exatamente onde há abrigo: nos nossos corações.
Porque nos amamos
Porque contamos uns com os outros.
Porque somos amigos, irmãos, cúmplices.
Porque fomos, somos e seremos sempre nós mesmos.
Doa a quem doer.

10 comentários:

  1. Meu sempre e amado irmão é com lágrimas nos olhos que não são de tristeza que brindo mais uma vez o nosso reencontro. Somos tudo eu sei; somos amor, somos vida, somos amigos, somos irmãos porém isso não importa nesse momento. O que importa na verdade é que eu não consigo viver longe de vocês por muito tempo. Construimos ao longo dos anos um dos mandamentos mais sagrados de Deus: "Amai-vos uns aos outros assim como a mim mesmo" E assim eu o fiz... amo vocês e vou continuar amando pra toda vida e na outra também com certeza. Somos luz, puramente luz e essa luz que nos compreende, nos afaga, nos conforta, nos fortalece e ainda temos luz de sobra para compartilharmos conosco e com os que nos cercam. Eu tô nesse mundo pra somar, para multiplicar, diminuir nunca e dividir somente o amor. Estamos aqui pra marcar presença mesmo e ensinar aos outros o que é o amor, temos de sobra esse sentimento criador do Universo. Ah!!! Salve o homem lá de cima que nos permitiu o nosso encontro nesta vida mais uma vez. Salve os Ciganos esses espíritos livres que nos inspiram, nos fortalecem, nos protegem, nos amam e deram nossas vidas por nós. Opchá!!! Salve Salve irmão Antônio e que esse trio, essa tríade se fortaleça a cada segundo terreno e a cada eternidade em espírito. Te amo meu Irmão, Te amo Paty. Somos nós sempre, sempre, sempre e por toda eternidade Amém!

    ResponderExcluir
  2. Seu sacana! Borrei minha maquiagem... :)

    ResponderExcluir
  3. Fico sem palavras pra expressar esse sentimento intenso que me une a vcs. Nos encontramos na adolescência, vivemos nossas vidas, escolhemos caminhos diferentes para trilhar, mas permanecemos juntos.
    Acho que depois de perdermos Dão, Cel e Dan, a ficha caiu. Não viemos a esse mundo por acaso. Estamos juntos nessa jornada linda e louca que é a vida, pra o que der e vier, unidos por um só coração.

    Amo-lhes!

    ResponderExcluir
  4. Continuo borrando a maquiagem. Amo-lhes.

    ResponderExcluir
  5. Que lindo apreciar vcs assim tao descontraidamente.... invejas mil rsrsrs...

    bjs nos 3

    Cat

    ResponderExcluir
  6. Catita, beijos mil. Adoro te ler. Adoro que você me leia.

    ResponderExcluir
  7. Que coisa mais linda "Antônio dos Gatos".
    Meu caro, não haverá dor enquanto vocês forem vocês mesmos; vocês, almas lindas...

    ResponderExcluir
  8. Meu mano Lu, você também é uma alma linda. Que bom chegou para somar belezas conosco. Amamos você.

    ResponderExcluir
  9. Esse estado de espírito é lindo. Resultado: Bela construção poética. Felicidade aos três.

    ResponderExcluir
  10. Obrigadíssimo, meu poeta amigo. Felicidade pra ti também.

    ResponderExcluir