Follow by Email

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Mineradoras em Barra do Pojuca - I


Ultimamente temos enfrentado um sério problema em nosso paraíso. A existência de mineradoras fazendo extrativismo de arenoso. São cerca de cem caçambas trafegando diariamente em nossas estradas de chão destruindo a via, arrasando com o pouco que resta da Mata Atlântica, perturbando a paz dos que aqui vivem e criando em todos nós um clima de insegurança e impotência.
Para completar, as chuvas vêm e pioram as condições de tráfego. No dia 23 de julho, eu e mais alguns companheiros, Júnior, Leonice, Marinice, Marcos, Elena, Francinete, Marcos, Erasmo e Hadhyja fizemos um protesto pacifico, colocando pneus na Rua da Rodagem, tocando fogo nos mesmos e impedindo a circulação de dezenas de caçambas.

Mineradores se dispuseram a dialogar conosco e chegamos a um
acordo: Se eles não garantissem a manutenção da via, continuaríamos o bloqueio. Após sete horas de ação, eles e a Prefeitura de Camaçari iniciaram as obras de melhoria de um trecho da estrada.

Hoje, 04 de agosto de 2010, o trecho está praticamente concluído, mas ainda há muitos outros que ameaçam nosso direito constitucional de movimentação. Fomos ontem a Camaçari falar com o Prefeito Caetano e seus secretários e eles ratificaram seu apoio à nossa causa.
A experiência me fez confirmar a eficácia de um trabalho em equipe como modificadora de situações desagradáveis na comunidade, a força que temos quando somos determinados e focamos nossa energia na realização de nossos desejos e sobretudo, o amor incondicional que precisamos exercitar diariamente, principalmente, com nossos antagonistas.

2 comentários:

  1. Força aí, irmão, a luta de vcs é mto justa!
    Põe as fotos pro pessoal ter uma ideia de como foi.
    bjão

    ResponderExcluir
  2. Valeu,meu bem. A parada tem sido dura, e de nada vale bater de frente com a galera... Isso aqui é apenas a "ponta de um iceberg". Nosso movimento agora é buscar vias alternativas - não queremos mais ficar ilhados. Te amo!

    ResponderExcluir